A saga dos casamentos.

1 abr

Imagem

É amigos, os 20 e muitos chegaram, é a hora dos casamentos. Já tenho amigas grávidas e com filhos também, mas são poucas. Ainda estamos na fase dos casamentos. Muitos casamentos. No ano passado foram 16, esse ano já são 15 aaaand counting. Tem meses que tem todo final de semana. E às vezes são 3 no mesmo dia. Uma loucura. Tinham anos que eu tinha um ou outro, só com meus pais, sei lá. Mas nos últimos anos, é o tempo todo e só aumenta.

Ah! E tem aquele fato que se você está envolvida com a comunidade judaica de alguma maneira, se prepare. Potencializa BASTANTE esse número de casamentos. Eu não nasci judia por algum desvio, mas em outra vida eu fui, certeza. E nessa ainda… quem sabe? Todos os amigos dos meus pais são, quase todas as minhas amigas e amigos são, ex namorados, romances, cresci nesse meio e não tem jeito. Uma vez dentro disso é quase impossível sair. E eu adoro. Acho a religião linda, as tradições invejáveis, os valores super especiais e a maneira com que o judaísmo te faz ver e lidar com as coisas  me admira muito. É uma religião que adora comemorações e festas. E casamentos. Como casa esse povo, gente. É impressionante. E o que são animados os casamentos? É o máximo. Sou fã, são os mais divertidos ever. Se você nunca foi a algum, não sabe o que está perdendo. (Pode ir comigo algum dia se quiser, dos 15 desse ano só 2 não são judaicos). Tem até a planilha do Gugu dos casamentos! Um google docs recheado de sobrenomes só com consoantes. Veja só que organização. E ainda assim conseguem marcar 4 no mesmo dia…vai entender!

Bom, e vamos à dinâmica dos casamentos. Tem aqueles que você é super próxima do noivo ou noiva e precisa ir à cerimônia, chegar cedo, ter lugar estratégico, morrer de chorar e tudo mais. Tem aqueles que são amigos, mas nem tanto assim, então você acaba não indo na cerimônia. (Eu costumo ir sempre porque acho lindo e sempre me emociono!). Daí a caminho da festa, todo mundo se cumprimenta, tá todo mundo lindo, bem vestido, mulherada toda trabalhada nas joias e penteados (tem umas que exageeeram, acham que estão indo ao Oscar, mas enfim) e tá todo mundo feliz. Aquela injustiça de sempre em que os homens usam toda vez o mesmo terno e sapato, e tudo bem e a gente se mata pra ter um vestido por fim de semana. E ainda reclamam quando repetimos. Porque no final das contas, é aquela mesma galera de sempre. Ou seja, vocês se viram no casamento da semana passada. Mas fingem que não, e que é uma grande novidade estarem ali naquele mesmo casamento.

Falando nessa questão do vestido, e o que é caro essa brincadeira de ter esse monte de casamento? Tô falida e nunca me recupero! Praticamente um vestido por casamento, (se não novos são emprestados das amigas), cabelereiro (leia-se: cabelo, make, pé e mão, depilação), sandália, joias, taxi pra ir e voltar já que a lei seca tá pegando forte, entre outras coisas. E o presente do casamento, obviamente. Porque eu já recebo praticamente um boleto da Mickey e Fast Shop. Todo mês, vem celular, academia, cartão de crédito, Mickey e Fast Shop. Surreal o quanto deixo lá por mês.

Bom, e daí vamos à festa. Aquele social inicial até que os noivos tirem todas as milhões de fotos, os convidados se cumprimentem e comentem da linda decoração (que geralmente é de tirar o ar mesmo!), da cerimônia emocionante e do vestido da noiva, que é o que mais esperamos afinal de contas. E vamos aquecendo a bebida pra dança judaica. Mais conhecida também como praticamente uma micareta e uma pancadaria desenfreada. É a coisa mais divertida do mundo. Não da pra explicar. Preciso de um vídeo para tentar descrever. Os homens suam e se espancam na maior felicidade do mundo. As mulheres esquecem que estão totalmente emperequetadas num salto gigante e cabelo montado e se jogam, se abraçam, cantam, dão tudo de si. Tem corredor polonês, palmas efusivas, abraços e pulos infinitos. É o show do suor! No final parece que entramos numa piscina, mas esquecemos do detalhe que ainda está começando a festa e de alguma maneira temos que nos recompor, pois temos the whole night long pela frente.

Nos secamos (literalmente secamos, tamanha a dedicação na judaica) e vamos comer. E daí vamos conversando amenidades com as pessoas, porque afinal de contas, aquilo não é lugar de ter papo cabeça né? Só quando muito bêbados, mais pro final. E daí começa a night. E convenhamos, o dinheiro gasto no look e make nessa hora não mais importa, pois chega a hora de descer do salto. O momento da salvação: as havaianas. Por favor noivos, pode não ter bem casado, mas tem que ter havaianas. Pelo bem das mulheres em geral. Ou das que não mandam muito bem no salto, como eu. Minha turma de amigas adora a parte das havaianas. E minha turma especificamente é bastante animada, então meio que somos cobradas por isso em todos os casamentos. “Animação hein?” já virou nosso lema. Já pensamos até em cobrar cachê no final. Mas a gente bem que gosta dessa responsa porque fazemos na maior naturalidade. É um prazer. E ficamos chocadas com as pessoas que vão embora a 1 da manhã. Gente, como assim? Vocês sabem quanto vocês custam pros noivos pra só virem, comerem e vazarem? Por favor né… um pouco de consideração. Fiquem até o sol raiar, ué. São vocês que fazem o casamento ser legal ou não!

E um fato. É cada vez mais difícil se arranjar em casamentos. Porque não surpreendentemente, praticamente só tem casais. Então não pense em se dar bem, porque é raro. Se você já não vai acompanhada aproveite pra curtir com as amigas, porque é difícil sair algo dali.

Como deu pra notar, eu adoro casamentos. São muitos, é uma funça, não dá pra ir pra praia, mas eu amo! Podem continuar me convidando que eu vou, viu amiguinhos?! E outra, precisamos aproveitar muito essa fase, porque daqui a pouco começam as festas de crianças, bar-mitzva dos filhos… e aí minha amiga, ferrou, você definitivamente ficou velha! Então, até sábado, no casamento (é serio, eu juro que esse sábado tenho um!).

Anúncios

33 Respostas to “A saga dos casamentos.”

  1. Beny 01/04/2013 às 18:22 #

    Animação Hein?!

    • Gabriela Marques 05/04/2013 às 15:08 #

      Hahahaha eu ouvi isso no seu casamento e cumpri a promessa!
      Inclusive estava pegando o carro no manobrista quando ouvi uma música boa e voltei correndo pra pista! O cara não entendeu nada e as meninas tinham certeza que eu voltaria! Hahaha.
      Beijão querido

  2. Marcela 01/04/2013 às 18:27 #

    E vivam as danças judaicas pra gente aproveitar nos casamentos alheios, né Travinha?!
    E no nosso, mesmo não sendo judias, terá CERTEZA né?!

    Love! Mais um texto sensacional!!! E nós, amigas, que participamos de todos os momentos, nos indentificamos demais!!!

    Bjssss

    • Gabriela Marques 05/04/2013 às 15:09 #

      VIVA!!!1 O que seria de nós sem elas?!
      Claro que o nosso terá, não tenho dúvida! Pode não ter bolo, as vai ter dança judaica :)
      Obrigada meu amor, pela divulgação e por tudo!
      Beijos

  3. Marina 01/04/2013 às 20:38 #

    Muito bom Gá!
    parabéns por mais esse texto!
    detalhou super bem a bagunça judaica que é uma delicia!
    adorei a foto!
    Parabéns!
    beijos

    • Gabriela Marques 05/04/2013 às 15:09 #

      Obrigada Ma!!!
      Que delicia saber que consegui ser fiel a esses eventos tão especiais.
      A foto é muito a gente né? hahaha.
      Beijão

  4. Thabita 02/04/2013 às 00:49 #

    É cara Gabi…são as fases não é mesmo?!
    Começamos indo nas festinhas de aniversário dos nossos amigos, depois passamos às formaturas do Ensino Médio, formaturas da Faculdade…Aí começam os casamentos (começamos a nos achar velhas rsrsrs), seguidos das visitas as novas mamães e festinhas de aniversário dos filhos de nossos amigos…Aí já era, é só aguardar a pior fase….os velórios. CREDO!!!!! (humor negro)
    bjinhos

    • Gabriela Marques 05/04/2013 às 15:11 #

      Pois é…
      Fases e momentos, e todos deliciosos!
      Por isso vamos viver todos eles intensamente né?
      E sem pensar nessa fase de velório, credo! hahahaha.
      Beijos e volte sempre.

  5. Celso 02/04/2013 às 08:30 #

    Observadora, precisa e muito talentosa, como sempre. Beijo grande.
    Celso

    • Gabriela Marques 05/04/2013 às 15:12 #

      Obrigada Tio Celso!
      Adorei o comentário, volte sempre para analisar os textos! É um orgulho.
      Beijos

  6. marcia c. gruc 02/04/2013 às 11:33 #

    Gabilinda,porque sera que dessa vez lendo seu texto me deu uma baita dor de barriga???e confesso um nó na garganta…..ui ui ui……bjs te espero pra pular muuuuuito!!!!!

    • Gabriela Marques 05/04/2013 às 15:13 #

      Hahaha por que será?!?!?!?!
      Já estou com essa dor de barriga também, desde já e ralando na dieta pra caber no vestido que comprei!
      Conte comigo pra pular até o sol raiar. Vai ser tudo muito especial.
      Beijos

  7. Daniela 02/04/2013 às 14:08 #

    Gááá voce me surpreende a cada dia!!!! To amando muitoo!! Que talento!!! Ta TOP demais!! Saudadesss, beijos!!

    • Gabriela Marques 05/04/2013 às 15:14 #

      Oi Dani, que linda!
      Muito obrigada, de verdade!
      Que delicia saber disso.
      Saudades também.
      Beijo enorme

  8. Marina Oliveira 02/04/2013 às 18:57 #

    Pois é, me sinto exatamente assim. Tirando que os que vou não são de maioria judaica, porém me acabo do mesmo jeito que você.
    ADOREI seu resumo, além de detalhado, muito divertido.
    Beijo de uma wedaholic!

    • Gabriela Marques 05/04/2013 às 15:14 #

      Oi Marina;
      Mesmo não sendo judaico dá pra se jogar e se acabar né?! Faço isso em todos também! Hehe.
      Obrigada pelos elogios. Volte sempre aqui.
      Beijo grande

  9. YES WEDDING 02/04/2013 às 23:53 #

    Adoramos você no YES WEDDING! http://yeswedding.com.br/pt/materias/a-convidada/ :)

    • Gabriela Marques 05/04/2013 às 15:15 #

      Eu que amei estar lá!!!
      Foi um prazer e uma honra.
      Beijo enorme

  10. Rodrigo 04/04/2013 às 13:57 #

    ops, entrei por engano aqui…

    • Gabriela Marques 05/04/2013 às 15:16 #

      Hahahaha, ops, acho que não foi por engano e acho que gostou do blog!
      Volte sempre cliente querido :)

  11. Dani 04/04/2013 às 19:44 #

    Se não tivesse já casado te pediria o endereço para mandar um convite! E viva a animação!

    • Gabriela Marques 05/04/2013 às 15:18 #

      Poxa vida! Eu iria com prazer! hahaha.

  12. Sharon 05/04/2013 às 02:22 #

    Amei!! Ri muito! Descreveu perfeitamente!

    • Gabriela Marques 05/04/2013 às 15:18 #

      Oi Sharon;
      Obrigada! Que bom saber disso.
      Nos vemos em algum casamento judaico ;)
      Beijos

  13. Maya Nigri 08/04/2013 às 14:55 #

    Demais Ga!

    Uma delicia ler seus posts!

    Parabens mais uma vez!!

    bjos

    • Gabriela Marques 09/04/2013 às 17:17 #

      Obrigada Ma!!
      Que delicia de elogio. Super obrigada.
      Beijão

  14. Natasha Shprecher 12/04/2013 às 15:24 #

    ahahaha oq não faltaram foram gargalhadas altas nesse post… não li por falta de tempo, mas tava na minha cabeça, post de casamento, post de casamento….

    Incrivel gá!
    e secamos mesmo … é bom que o papel toalha seja de boa qualidade! Sem as bolachinhas que acompanham o café (para que servem?) e sim papel toalha!

    Parabens, ta demais!

    • Gabriela Marques 16/04/2013 às 16:03 #

      Naaaa!
      Você é minha maior atração nos casamentos, amo de paixão! Hahaha.
      Também acho que o papel tem que ser de excelente qualidade sabe? De preferência toalha (no meu vai ter, e secador para a franja! ahahaha).
      Obrigada amor, volte sempre.
      Beijos

      • Natasha Shprecher 30/04/2013 às 08:40 #

        Agora eu vi! <3! Beijinhoooosss!

  15. Natacha 16/04/2013 às 00:39 #

    Oi Gabriela,
    Conheci seu blog a pouco tempo e estou adorando! A saga dos casamentos, adorei! Tem anos que é assim pra mim também! No ano que casei foram ao todo 12 casamentos!!! Mas gostaria demais de ir á um casamento judeu, nunca fui! Se tiver um em janeiro de 2014, pode me chamar? Hehehe… É que moro no Japão e em janeiro estou de férias….
    Obrigada pela diversão na leitura!
    Sucesso pra você!

    Natacha

    • Gabriela Marques 16/04/2013 às 16:16 #

      Oi Natacha, tudo bem?
      Que bom que está gostando do blog. Fico muito feliz.
      Te chamo sim em 2014, hahaha, com certeza vou ter alguns.
      Obrigada você pelo elogio.
      Volte sempre.
      Beijo grande

  16. Juliana Escorel 01/05/2013 às 10:27 #

    Oi Gaby, cheguei até seu blog pelo link do Yes Wedding e foi uma grata surpresa!
    Esse seu texto sobre casamento ficou demais, e só me aguçou a ler praticamente o blog inteiro rs. Você escreve muito bem, de uma forma super gostosa de ler e muito engraçada! Parabéns!!!
    Olha só, eu trabalho como assessora de casamento e tenho um blog onde acabo publicando também meus trabalhos e adoraria republicar esse seu texto.
    O meu endereco é o http://www.julianaescorel.com.br
    Dá uma olhada e me diga se me autoriza a publica-lo lá.
    Aliás, se puder me passar seu email, acho que podemos “trocar mais figurinhas”.
    Bjs
    Ju Escorel

    • Gabriela Marques 02/05/2013 às 10:06 #

      Oi Juliana;
      Que delicia de comentários! Muito obrigada mesmo!
      Dei uma olhada no seu site. Adorei!!
      Segue meu e-mail e conversamos melhor: gabymarquess@gmail.com
      Nos falamos e combinamos sobre a publicação.
      Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: