Como tolerar a intolerância.

18 nov

                  Imagem

No mês passado eu fui diagnosticada com uma “coisa”. Não sei nem se isso se classifica como doença, então pra mim é coisa mesmo. Me disseram que eu tenho intolerância à lactose. Por um lado foi bom, pois finalmente descobriram o motivo de eu estar sempre enjoada e vomitando sem parar, não estando grávida (ufa!!!). Mas por outro, foi bem triste. Basicamente, intolerância à lactose é uma alergia a leite e derivados, é a incapacidade de digerir esses alimentos. E para uma pessoa vegetariana, viciada em iogurte e queijos isso pode ser bem triste. Mas ok, vamos ver pelo lado bom, ao menos não é o problema com glúten, porque se fosse e eu não pudesse comer pães e derivados do trigo, eu acho que preferiria levar um tiro de raspão.

Enfim, a questão é que com essa descoberta, eu comecei a prestar atenção em mais um monte de coisa que sou intolerante. Um monte mesmo. Eu sou totalmente intolerante a gente chata por exemplo. Sabe gente mimimi, gente que tá sempre sofrida? Você pergunta “e aí, tudo bem?” e a pessoa responde “ah, tudo indo, a gente vai levando”. Gente chata. Zero paciência. Eu sou muito intolerante a mentira, e a falsidade também. Isso me tira do sério. Eu sou muito sincera com a maioria das coisas. Pra que mentir? Pra que forçar a barra?

Sabe outra coisa que sou totalmente intolerante? A gente louca. Gente bipolar. Aliás, bipolar devo ser eu… Tem gente por aí pentapolar. Uma hora te ama, depois não quer mais, um dia faz de tudo por você e depois finge que não te conhece. Você é tudo que ele sempre sonhou e de repente ele bate a cabeça e não é nada daquilo. Nesses casos nem tolerância resolve. Você precisa ser louca como a pessoa pra tentar entender.

Eu notei umas intolerâncias mais simples também. Outro dia estava vendo TV e queria ver qual seria o próximo programa, mas a barrinha da NET demorou segundos, pra não dizer milésimos de segundos pra atualizar e eu já estava alucinada! Ela estava ali “carregando” e eu pensando: Como pode demorar tanto pra mostrar o próximo programa? Sendo o “tanto” um tempo realmente ridículo. Às vezes eu me irrito com aqueles microssegundos que fico sem sinal no celular da garagem até chegar em casa. Totalmente intolerante. Aqueles centésimos de segundos antes do telefone começar a chamar e o reloginho do whatsapp? Intolerância pura. A internet demorar pra funcionar, o cara da frente demorar pra andar quando o farol abre, o voo demorar pra decolar, o médico demorar pra atender, a fila não andar, o cartão de crédito não passar. A gente anda intolerante pra tanta coisa.

Não sei se é algo da minha geração imediatista mas eu fico pensando como eram as coisas antes. Como era mais fácil quando as pessoas eram talvez mais pacientes e menos malucas. E ao mesmo tempo que queremos “tudo junto, ao mesmo tempo, agora, pra já” , penso que a nossa geração é muito tolerante para coisas sérias. Somos tolerantes a um monte de absurdo do nosso governo, enquanto mulheres, com um monte de desrespeito de homens, como pessoas, às incontáveis injustiças. É bastante contraditório.

Bom, o meu corpo não tolera mais que eu tome um copo de leite ou que eu coma um pedaço de polenguinho, e com relação a isso há bem pouco que eu possa fazer infelizmente… Mas quem sabe eu possa fazer um esforcinho para que minha mente seja um pouco mais tolerante e flexível com aquilo que é tolerável, não? E se eu for mais gentil e mais paciente no transito, na fila, no médico, no whatsapp? E se todo mundo tentar ser mais tolerante na vida? Acho que o mundo vai ficar mais tolerável pra todos né?

Eu descobri que recentemente foi o dia do mau humor (13/11), e também, foi o dia da tolerância (16/11) e isso me fez escrever esse texto. Esse é apenas um desabafo de alguém tolerante perante a coisas totalmente intoleráveis. Um brinde de leite! Cheers!

Anúncios

10 Respostas to “Como tolerar a intolerância.”

  1. Gabriela 18/11/2013 às 17:13 #

    Adorei! Mais tolerância, mais amor e mais atitude! Cada vez que mudamos a nossa atitude, mudamos o mundo!

    • Gabriela Marques 02/12/2013 às 11:29 #

      Nossa Ga, mais tudo isso pelo amor!
      Concordo 100% com você amiga!
      Beijos

  2. Marcela 18/11/2013 às 20:36 #

    Ha! Mtaaa gente pentapolar nesse mundo! Socorro!
    Gaby, já tem iogurte sem lactose no supermercado ;)
    Ah, se encontrar a fórmula da paciência posta aqui, rs. Bjos

    • Gabriela Marques 02/12/2013 às 11:30 #

      Nem me fale Ma, muita gente, cada vez vejo mais.
      Sim, fiquei sabendo que tem no supermercado agora, to descobrindo a whole new world sem lactose! ehehe.
      Obrigada querida.
      Beijos

  3. Melissa 20/11/2013 às 23:49 #

    Como sempre você arrasa nos textos.
    Eu sou uma apreciadora de derivados do leite, não sei o que seria de mim se eu tivesse intolerância à lactose. Mas eu tenho intolerância ao frio ou (urticária, alergia ao frio). Tomar banho de água morna nos dias quentes não é legal, não poder tomar banho de mar sem virar um baiacu, não é legal, chupar picolé em público e ficar com a boca maior do que a Angelina, não é legal, ficar rocha em ambientes com ar condicionado também não é legal. Temos que aprender a tolerar o próximo e a tolerar nossas próprias intolerâncias.

    • Gabriela Marques 02/12/2013 às 11:32 #

      Oi Melissa,
      Muito obrigada pelo elogio! Você sempre deixa comentários queridos ;)
      Que coisa louca essa sua alergia! Sabe que eu tenho uma outra estranha também? Eu tenho alergia ao meu suor e a minha lágrima, e isso faz com que eu fique toda empipocada cada vez que choro ou suo, how great! Hahaha.
      Mas como você disse: Temos que aprender a tolerar o próximo e a tolerar nossas próprias intolerâncias.
      Beijão

  4. Bruna 21/11/2013 às 10:48 #

    ADOREI!!! Acho que somos a mesma pessoa vivendo em corpos diferentes… não é possível!
    Beijão

    • Gabriela Marques 02/12/2013 às 11:32 #

      Hahaha Bru, será? Vamos investigar isso melhor…
      Beijão

  5. Sharon 09/12/2013 às 11:52 #

    Toma Lactaid! Minha amiga também tem intolerância a lactose, sempre que ela quer comer algo com lactose ela só toma um Lactaid antes e pronto, o único problema é que não vende no Brasil.

    Beijos

    • Gabriela Marques 12/12/2013 às 09:42 #

      Oi Sharon;
      Fiquei sabendo desse remédio. Vende aqui sim mas é tipo 8 vezes o valor de lá de fora. Bizarro!
      Vou pedir para alguém trazer pra mim. Obrigada pela dica.
      Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: