Quando a vida dá sinais.

31 mar

Imagem

 

Meu último texto já dizia sobre a fragilidade da vida e sobre como somos todos, de certa forma, feitos de vidro. Acho que esse texto foi uma prévia ou um sinal do que estava por vir. Porque essa última semana, foi uma das que pude comprovar mais uma vez da fragilidade de que somos feitos e a sutileza que a vida pode simplesmente acabar. Totalmente do nada.

Nessa última semana, uma mesma doença, de formas diferentes, levou pessoas próximas. O câncer, essa doença filha da puta e desgraçada, porque eu não tenho outra denominação pra ela, levou a irmã de uma grande amiga e um menino de 10 anos. O menino eu não tive contato, mas me dói o coração imaginar a dor dos pais ao perder um filho com essa idade e de maneira tão injusta. A irmã da minha amiga eu acompanhei a história de perto e a injustiça que essa doença faz na vida da pessoa afetada e ao redor dela, eu pude ver e sentir com todo meu coração nos últimos dias. Acho que nunca uma morte me abalou tanto. Talvez por ser uma menina como eu, quase da minha idade e com o mesmo estilo de vida. Cresceu fazendo as mesmas coisas que eu, estudando na mesma escola, ao redor das mesmas pessoas e com os mesmos sonhos e objetivos. Talvez por ser irmã de uma grande amiga e eu me colocar no lugar dela, porque eu não sei o que seria de mim se perdesse meu irmão. Talvez pela velocidade que as coisas aconteceram e a impotência e luta perante a doença. Ou talvez pela comoção que causou em todas as pessoas que souberam da história. Acho que por muitos fatores.

É um pouco louco, mas se for pensar, parece que de certa forma, de tempo em tempo, Deus dá sinais diferentes. E claros. Recentemente, há poucos anos, vivi um ano com diversas tragédias em acidentes de carro. E perdi pessoas próximas e queridas. Parece que aquele foi o ano que recebemos o sinal do perigo da combinação de bebida e direção e das consequências que isso gera. Diretamente aos que estão fazendo isso, e o pior, a quem simplesmente não tinha nada a ver com a imprudência alheia. Daí me parece que esse ano é o ano dos sinais da nossa fragilidade, da delicadeza dos nossos corpos e de como somos impotentes a tudo isso. Fora esses 2 casos que mencionei, teve uma morte do melhor amigo de uma amiga, totalmente do nada, e igualmente devastador e sem explicação. Teve a morte de um dos melhores amigos do meu pai, e de dois grandes amigos de uma das minhas melhores amigas. Não pode ser coincidência. Eu acho mesmo que são sinais.

Outro dia ouvi na Kabbalah aquela prédica super bonita em que Deus fala e ensina como pode, sabe? Aquela história de um cara que está se afogando e pede ajuda pra Deus. Aí vem um barco e oferece resgate, e ele não entra no barco porque diz que esta esperando Deus. Daí vem um helicóptero e lança uma boia. Ele não pega e diz que esta esperando Deus ajudá-lo e Deus há de vir. Daí vem uma equipe de salva-vidas e ele agradece novamente, e diz que está esperando que Deus venha salvá-lo. E uma hora Deus diz “Mas meu amigo, o que você quer? Quem você acha que está te mandando tudo isso?” Como se tudo que apareceu para salvá-lo não tivesse sido enviado por Deus, ou por algo maior.

Eu acho que Deus dá sinais pra gente o tempo todo. Sejam eles sutis ou terríveis como esses acontecimentos recentes. E acho que esses sinais são claros para que a gente simplesmente aproveite enquanto estamos aqui. E que a gente tire o melhor disso tudo. Porque isso pode simplesmente acabar, de uma hora pra outra. Então aquela velha história de aproveitar o momento, de valorizar o que se tem, de tirar a melhor parte de tudo, pra mim faz mais sentido do que nunca. E o principal, como a frase famosa “say if you love somebody”. As pessoas estão cada vez mais medrosas, e mais sem tempo e mais acomodadas. Se você ama alguém, diga a ela todos os dias, antes que seja tarde demais.

E como a gente não tem controle nenhum sobre a vida ou sobre quanto tempo vamos ficar por aqui, que valha a pena o tempo que estivermos. Hoje ouvi de um rabino uma frase muito sábia: “A vida é tão maravilhosa e perfeita, que quem somos nós pra acharmos que sabemos quando ela deve ou não acabar?” Talvez a nossa missão aqui seja mais curta e efêmera do que a gente imagina. Então que nossa passagem por aqui seja da melhor e mais feliz forma possível.

Eu desejo as pessoas que foram, paz, serenidade e amor. Eu desejo aos que ficam força, fé, boas surpresas e muito amor. Amor infinito. Eu desejo aos doentes a cura, e aos infelizes a felicidade mais plena que existe. E o que eu desejo ao câncer? Que ele tenha câncer e desapareça.

Anúncios

20 Respostas to “Quando a vida dá sinais.”

  1. Rafael Burg 31/03/2014 às 12:24 #

    Amen

    • Gabriela Marques 03/04/2014 às 15:48 #

      Amem!! :)

  2. Talita Camargo 31/03/2014 às 12:31 #

    Gabriela,
    Eu sou leitora do blog (conheci via Marcela Paiva, aquela linda! =P) e acho que sou meio escritora wannabe tb, rs. Leio muito, meio o tempo todo: livros, artigos, blogs, colunas e afins.
    Mas há tempos – há tempos MESMO – não lia algo tão bonito como o que vc escreveu hoje.
    E não podia concordar mais. Afinal, pensamentos positivos atraem coisas positivas. E a vida nos dá sim muitos sinais; basta prestarmos atenção – ou não – a eles!
    :)

    • Gabriela Marques 03/04/2014 às 15:49 #

      Oi Talita, tudo bem?
      A Ma, aquela linda que eu amo de paixão!!!
      Nossa, muito obrigada pelo que escreveu, fico muito feliz que tenha gostado.
      Volte sempre aqui no blog e continue lendo muito e escrevendo muito :)
      Beijos

  3. Carol 31/03/2014 às 13:23 #

    Gá,
    Que texto emocionante! E de fato, que doença injusta…vamos mandar toda nossa força e bons pensamentos prá eles e para as famílias. E em nome deles, vamos fazer cada dia valer a pena!
    Beijos

    • Gabriela Marques 03/04/2014 às 15:50 #

      Oi Li;
      Obrigada meu amor.
      Estou sim, mandando todas as minhas energias e pensamentos positivos para eles.
      E vamos, fazer valer a pena sim, por todos.
      Beijos

  4. Marcia Sister 31/03/2014 às 14:17 #

    Texto perfeito!!! Senti o mesmo semana passada!!! Doença filha de uma puta!!!!
    ” Que ela tenha câncer e desapareça!” amei!!!!

    • Gabriela Marques 03/04/2014 às 15:51 #

      Oi Marcia;
      Obrigada pelo comentário.
      Não tem outra descrição ou sentimento pra essa doença. Que ela morra logo!!!
      Beijos

  5. Lena 31/03/2014 às 15:35 #

    Minha amada sobrinha, que texto emocionante! Estava precisando ler algo tão humano como o que vc escreveu hoje. E você tem razão, a vida nos dá sim muitos sinais! É muita sorte conviver com você, aprender com você. Te amo infinitamente. bjs

    • Gabriela Marques 03/04/2014 às 15:57 #

      Ahh Titi! Muito obrigada pelas suas palavras aqui.
      A sorte é toda minha em ter vocês na minha familia.
      Também te amo infinitamente.
      Beijos

  6. Marcela 31/03/2014 às 17:47 #

    Que texto lindo. Eu não conhecia nenhum dos dois pessoalmente, mas na comunidade de alguma forma todo mundo se conhece e é próximo, então acompanhei as duas histórias.
    Ficava emocionada com a força e a vontade de viver deles, enfrentando a doença sempre com um sorriso.
    Uma criança e uma jovem, é impossível entender e se conformar. Eu também nunca tinha visto tanta comoção como na semana passada. Todos ficamos muito abalados.
    Que os estudos avancem, que a cura esteja próxima, e que essa doença não leve mais ninguém.
    Meus pensamentos estão com eles e suas famílias.
    beijos

    • Gabriela Marques 03/04/2014 às 15:58 #

      Oi Marcela;
      Realmente, foi uma semana devastadora. E que bom que existe força de todos os lados.
      Temos que manter essa força e energia para quem precisa e fé que em breve exista a cura para essa doença desgraçada.
      Meus pensamentos e meu coração estão com eles também.
      Beijos

  7. marcia carmona gruc 31/03/2014 às 17:52 #

    Lindo !!!!parabéns só mais um detalhe; não faça para os outros o que não quer para vc…..da super certo!!

    • Gabriela Marques 03/04/2014 às 15:59 #

      Concordo Tia Marcia!
      Eu pratico muito isso. Acho que a empatia é das melhores coisas pra se praticar sempre.
      Beijos

  8. Fátima Marques 31/03/2014 às 18:30 #

    parabéns filha por um texto tão lindo , texto escrito com sensibilidade, amor ao próximo, e generosidade. Nossas vidas estão nas mãos de Deus e só ele decide nosso tempo aqui na terra. Mas as vezes nos perguntamos o porqué de tantas doenças e entre elas o câncer ,que leva embora tão rapidamente pessoas tão amadas, deixando suas famílias arrasadas e com um vazio tão grande, que parece que nunca mais terão forças pra se recuperar. Por isso devemos amar mais, curtir mto cada dia de nossas vidas e sermos o mais feliz que pudermos ser, independente de essa felicidade ser uma viagem maravilhosa ou um domingo num parque da cidade!!

    • Gabriela Marques 03/04/2014 às 16:07 #

      Obrigada mãezinha! Se sou assim, é por você e por sua culpa :)
      E concordo com você, temos que aproveitar cada segundo das coisas mais tontas até as mais incríveis, porque é a soma delas que faz tudo valer a pena.
      Mil beijos

  9. Paty Graicar 31/03/2014 às 21:07 #

    Tenho TANTO orgulho de ser sua amiga. Parabens pelo texto, bigus. Algumas coisas acontecem nas nossas vidas e deixam uma mensagem bem clara. Outras, um pouco mais misteriosas, mas algo assim nao pode passar sem uma reflexao. Quem sabe, essa tambem era parte da missao deles.
    Continue nos fazendo rir, pensar e ate chorar com a sua escolha de palavras que é magica. Amo vc.

    • Gabriela Marques 03/04/2014 às 16:11 #

      Bigu;
      Esse texto não sairia sem seus insights e sua dose de sabedoria diária na minha vida.
      Eu que tenho orgulho em ter você comigo.
      Obrigada por todas as palavras. Aqui no blog e todas as outras no meu dia a dia.
      Amo você pra sempre.

  10. Giu Koinz 02/04/2014 às 10:14 #

    Gaby ! Que lindo ! Me identifiquei muito com seu texto e não teria como expressar melhor esses sinais ou fatos ! Mas o que mais me chamou a atenção nesse caso é quando fala o quanto as pessoas estão medrosas hoje em dia, e isso é realmente assustador, pois sinto que muita coisa que poderia ser maravilhosa é brecada, paralisada, simplesmente por causa do medo, do receio de se abrir, se falar o que sente de verdade, de ser transparente e na~ter um retorno ou não ter o retorno que espera … enfim … desejo menos medo e mais verdade também para todos nós, porque acho que assim tudo ficaria mais leve e claro ! Beijos flor, ta arrasando, que orgulho !!! Saudades

    • Gabriela Marques 03/04/2014 às 16:12 #

      Oi Giu;
      Que bom te ver aqui. Obrigada pelas palavras!
      E é isso, as pessoas estão medrosas, loucas e injustas. Eu espero que isso realmente mude. E como você, “desejo menos medo e mais verdade também para todos nós”.
      Saudades tambem querida.
      Beijo enorme

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: